Amsterdam: Sir Albert Hotel

O Sir Albert é um hotel boutique de 90 quartos, situado no bairro De Pijp, o “Quartier Latin” de Amsterdã. A localização é perfeita para uma caminhada até o Museumplein e seus importantes museus, o Royal Concertgebouw, e as lojas da badalada P. C. Hoofstraat.

 

2192628_original

 

2192949_original

 

2194361_original

 

2194886_original

 

2195180_original

 

2195390_original

 

2195705_original

 

2196061_original

 

2196391_original

 

2197677_original

 

2198223_original

 Design: B K Architects

 

Sir Albert Hotel

Albert Cuipstraat 2-6

Amsterdam

siralberthotel.com

 

via nicety

O que há de “novo” em Amsterdam

Museum Square é a praça de Amsterdam onde estão concentrados o Stedelijk, o Van Gogh Museum, o Concertgebouw e o Rijksmuseum. Durante os últimos anos a praça esteve coberta por tapumes enquanto renovações importantes aconteciam.

O Stedelijk, um dos dos melhores museus de arte contemporânea da Europa, reabriu depois de 4 anos, e o Museu Van Gogh  reabre em Abril.

O novo Stedelijk já foi apelidado de “banheira” (o arquiteto Mels Crouwel concorda).

O Rijksmuseum reabre logo a seguir, depois de 10 anos em que os arquitetos espanhóis Antonio Cruz e Antonio Ortiz reverteram o design para seguir o original, desenhado por Pierre Cuypers 200 anos atrás. Terá como novidade um novo Pavilhão Asiático cercado de água e 80 novas galerias para novas exposições,desenhadas pelo parisiense Jean-Michel Wilmotte.

Antes da renovação

Teto do Rijksmuseum na parte já renovada

Também renovado recentemente, o Hotel Conservatorium está localizado em frente ao Stedelijk. O hotel ocupa uma antiga escola de música, num prédio de mais de 100 anos que ganhou nova vida nas mãos do arquiteto e designer italiano Piero Lissoni.

Lobby do Conservatorium

Restaurante do Hotel Conservatorium, comandado por Schilo van Coevorden, um dos grandes chefs holandeses.

via how to spend e architectural digest

Hotéis : biblioteca ao invés de lobby ?

Livros, livros, livros. Hotéis pelo mundo afora estão apostando neles como um grande componente social do futuro e dedicando espaços para bibliotecas. Lojas, cafés, bares e clubes também entraram na onda.

O W HOTEL em Londres montou a sua biblioteca no primeiro andar, com direito a curadoria feita por 10 escritores contemporâneos. Os eventos literários são concorridíssimos :

 

The NoMad Hotel em Nova York, com interiores desenhados por Jacques Garcia, possui uma biblioteca de dois andares que também funciona como café, bar e lounge :

via contessanally

O HOTEL LIBRARY em Nova York  foi inspirado no Sistema Decimal Dewey ( um sistema de classificação de bibliotecas por 10 categorias de assuntos ) e cada andar tem uma das categorias como tema.  São mais de 6 mil livros espalhados pelos quartos e dependências :

 

A biblioteca é também sala de jantar no SOHO BEACH HOUSE  Hotel e Clube em Miami :

 

Bar/ Biblioteca /Cinema no SOHO  HOUSE  Hotel em Berlim :

 

AMBASSADE HOTEL em Amsterdam :

 

THE LIBRARY HOTEL em Koh Samui na Tailândia :

 

CARLISLE BAY HOTEL em Antigua :

 

Hotel LA MAMOUNIA em Marrakech :

 

THE WELLESBOURN BAR em Los Angeles :

via styleture