Noma: o melhor restaurante do mundo

Todos os anos a conceituada revista inglesa “Restaurant Magazine” reúne um painel composto por críticos, chefs, escritores e gastrônomos, todos membros do “World’s 50 Best Restaurants Academy”, um grupo de grande influência na indústria, para escolher o melhor restaurante do mundo (e outros 49  que formam a lista).

Nos últimos 3 anos o restaurante escolhido foi o “Noma”, na Dinamarca, que é conhecido por sua reinvenção e interpretação da cozinha nórdica.

Seu chefe é o jovem René Redzepi, um mestre no uso de técnicas culinárias inovadoras, que treinou com Ferran Adrià no “Ell Bulli” (5 vezes escolhido como melhor do mundo) e Thomas Keller no “French Laundry” ( 2 anos como  o primeiro da lista).

 

O restaurante foi aberto em 2003 num antigo galpão nas docas de Copenhagen e tem 2 estrelas Michelin.

Redzepi não gosta do termo “Cozinha Nórdica” e descreve o que faz como Cozinha Européia Regional. Ele só usa ingredientes locais, criando combinações que evocam a natureza.

Veja alguns exemplos:

O galho é na verdade uma espécie de pão e as flores comestíveis são recheadas com escargot.

O menu é composto de 26 pratos, sendo o primeiro grupo na categoria “small bites”.

Camarões dos Fjords, para serem degustados vivos.

Lascas de fígado de bacalhau sobre crocantes de leite caramelizado.

Empanadas recheadas com pepino em conserva e Muikku  (peixinhos nórdicos).

Rabanetes enterrados em farinha de malte com avelã. No fundo do pote: emulsão de iogurte de cabra e ervas.

Ovos de codorna defumados.

Lagosta da ilha de Faro, sobre pedra quente e gotas de emulsão de ostras e alga marinha.

Cebola assada, com tomilho e suco de groselha.

Faça sua sopa: as instruções são detalhadas; você quebra o ovo de pato!

Sorbet de Gammel Dansk (um digestivo) sobre erva azedinha líquida.

NOMA

Strandgade 93, 1401 Copenhagen, Dinamarca

Tel: 45 32 96 32 97

 

via huffington post, nowness, the world’s 50 best restaurants

Comments are closed.